Brasil: 7 dicas para quem vai para Foz do Iguaçu

DSC_0864

Nossa viagem para Foz foi muito rápida e por falta de informações acabamos programando de forma “errada”. Durante o fim de semana conversei com o pessoal da Charm, a pousada que ficamos e eles nos deram várias dicas. Outras acabamos descobrindo por conta própria e resolvi colocá-las em um post para ajudar quem está pensando em ir para Foz:

  1. É muito comum quem vai para Foz alugar um carro. Na hora de ir para a Argentina, em épocas de alta temporada, tem uma faixa exclusiva para os carros de turismo (vans, ônibus de hotéis e excursões) . Porém como isso não é muito bem sinalizado, vários carros normais acabam entrando nessa faixa para ganhar tempo. Na hora de chegar na imigração, os policiais mandam voltar para o fim da fila de carros. Se for de carro é importante prestar atenção e se informar sobre essa faixa exclusiva. Uma tentativa de ganhar tempo pode acabar em stress e mais tempo na fila!
  2. É muito fácil andar de ônibus por Foz. Para ir para as cataratas e para o parque das aves tem o número 120, um ônibus verde que para em frente.
  3. Para ir para  a Argentina de ônibus também é fácil. É super tranquilo, na hora de passar a imigração o ônibus espera. Nós fizemos este trajeto, porém não vale apena. Para atravessar a fronteira o ônibus custa só 8 reais. O  problema é o ônibus dentro da Argentina que custa 22 reais para ir até o parque. Ida e volta de ônibus fica  60 reais por pessoa, preço do transporte da pousada.
  4. O parque Argentino só aceita dinheiro, tem que ir preparado. Mas na pousada eles já indicam um lugar com boa conversão para trocar o dinheiro. Nos preços de Maio de 2016, estrangeiro precisa de aproximadamente 350 pesos (90 reais) e brasileiro 270 pesos (70 reais).
  5. A imigração é bem tranquila, brasileiro só precisa de identidade e estrangeiro passaporte e visto dependendo do país.
  6. Caso optar pelo Macucuo Safari (passeio de barco) é importante lembrar de levar roupa extra. Molha bastante!
  7. Algumas pousadas oferecem mais do que hospedagem, tem a opção de compra de passeios e transporte para restaurantes parceiros. Na hora de programar a viagem é algo para se levar em consideração.

E essas são minhas 7 dicas para quem está programando uma viagem pra Foz do Iguaçu!

2 thoughts on “Brasil: 7 dicas para quem vai para Foz do Iguaçu

Deixe uma resposta