Despedidas

10483145_687853781263793_2332443117279955541_n

A parte mais difícil do intercâmbio são as despedidas, e eu não estou falando só de sair do Brasil. Eu realmente acreditei que essa era a pior parte, porém hoje acho que é a mais fácil de todas. É fácil dizer tchau sabendo que vai voltar, e que tem um dia certo para voltar. E que todo mundo vai estar te esperando. Bom existem dois grupos de intercâmbistas, os que vem no começo e vão embora no fim do ano (EU) e os que vem na metade de um ano e vão embora na metade do outro. Independente da data, todos acabamos virando amigos. Grandes amigos, e agora na metade do ano boa parte deles vai para casa. Esse fim de semana eu fui em duas festas de despedida, na última eu estava dançando com um grupo de amigos enquanto pensava, hoje estamos os quatro aqui, quando isso vai acontecer de novo? sendo realista, eu acredito que vou vê-los novamente, mas não tenho tanta certeza se vou ver eles juntos de novo. E isso vai ser daqui a quanto tempo? Provavelmente eu e a Ebba não vamos mais dançar a “Dança do Kanguru”, e eu não vou mais estudar na mesma escola que o Kristoffer e a Maimu. Não vamos mais ser “Os intercâmbistas da festa”, vamos ser os gringos, mas nunca mais vamos ser o grupo do Exchange Students.
Sabe o que é mais assustador? O grupo deles era os “Velhos”, nós éramos considerados os “Bebês”, agora nós somos os velhos, e os novos intercâmbistas que estão vindo os bebes. E a parte ruim é que os “velhos” são os próximos a ir embora…

0 thoughts on “Despedidas

  1. É a mesma coisa que senti quando olhei pra minha turma na formatura. Durante os três anos do Ensino Médio ficamos de 8-17 todos os dias juntos e por mais que houvessem brigas e outras futilidades (principalmente no final), é esquisito olhar pra eles e saber que essa reunião é provavelmente a última com todos juntos. Obviamente saímos no nosso grupo de amigos outras vezes mas… E aqueles que não eram tão proximos? Eles nos deixam saudades também. Interessante olhar pro seu intercâmbio sob essa ótica, mas não se desespere: vai durar o suficiente pra ser eterno.

    http://www.balburdia-interna.blogspot.com

  2. Despedidas sempre são a pior parte, e parece que tudo fica melhor no final não é mesmo?? hahah enfim a saudade é o preço que pagamos por ter momentos bons e que valem a pena ser lembrados!!
    Beijos!

Deixe uma resposta