Histórias de Aeroporto #2 -Minha primeira viagem internacional sozinha

11899368_896961750349354_2035042859_o

A primeira vez que viajei em um voo internacional sozinha foi para ir para a Austrália. Mas não foi quando eu fui para o intercâmbio, foram dois anos antes quando fui fazer um “pré Intercâmbio” de 3 semanas. Eu tinha 14 anos e resolvi ir logo para o lugar mais longe que dava. Depois de ir para a Austrália sozinha, qualquer outro lugar era perto.

Foi uma viagem que começou dando tudo errado. Eu já era maior de 12 anos, então não precisei usar aqueles crachás de menor desacompanhada. E  sempre tive cara de mais velha, eram poucas as aeromoças que percebiam que eu tinha menos de 16… Minha mãe fez uma listinha de como sobreviver ao aeroporto (tinha até especificado a hora que eu podia ir no banheiro). Eu segui direitinho, cheguei em São Paulo e fui direto fazer o check in do voo internacional. Descobri que estava três horas atrasado e que no lugar de sair a meia noite só sairia as 3 da manhã. Eu pouco me importei, me deram um vale jantar de graça em um restaurante e isso já estava ótimo para mim.

Liguei para minha mãe e ela não tinha recebido o e-mail avisando que o voo atrasou, quase me deixou louca falando que eu não sabia ver horário. Ainda me disse que eu não devia ir jantar, eu podia comprar qualquer porcaria na Ala Internacional mas que era para eu já ir para o portão de embarque. Foi ai que surgiu na minha vida novos amigos de aeroporto. Um casal de senhores que me adotaram como “neta de viagem”. A senhora chegou a falar no telefone com a minha mãe, avisando ela que estava tudo bem, e que ia comigo jantar. Fiquei com eles um tempão. Me mostraram fotos dos netos que moravam na Austrália e nós conversamos até a hora de ir para o portão.

Na hora de passar a policia federal acabei me perdendo deles. Lá estava eu de novo, sozinha no aeroporto gigante de SP. Tentando entender os números do ticket aéreo quando a minha mãe liga. Eu até estava calma, mas ela estava pirando e me ligou para falar que eu podia perder a meu próximo voo e que eu tinha que achar uma atendente e explicar que eu estava sozinha. Na hora eu entrei em desespero, comecei a chorar. Minha mãe tava muito nervosa falando para eu embarcar no próximo voo de volta para Curitiba, que eu era muito nova para ir sozinha para o outro lado do mundo. Mas já era tarde de mais, mesmo chorando eu estava decidida a chegar na Austrália.

Finalmente achei uma funcionária da companhia, falei para ela que eu era de menor e estava desacompanhada. Ela me acalmou e que como eu tinha menos de 16 anos não podia ficar perambulando pelo aeroporto sozinha. Então ela achou uma solução para o meu caso, me colocou na sala VIP da primeira classe com comida, café e wifi de graça!

E assim foi a minha primeira viagem sozinha que começou dando tudo errado, e acabou na sala da primeira classe!

3 thoughts on “Histórias de Aeroporto #2 -Minha primeira viagem internacional sozinha

Deixe uma resposta