Intercâmbio universitário

Intercâmbio Universitário Você já pensou em fazer um intercâmbio universitário e poder estudar e viajar ao mesmo tempo? Isso é possível mesmo com o fim do Ciências sem Fronteiras. O intercâmbio Universitário acontece por meio de parcerias entre universidades. Em algumas universidades particulares durante o ano de intercâmbio e estudante não precisa pagar a mensalidade o que ajuda com os gastos para se manter fora do país. Entre as opções para o meu curso a minha escolha foi Pádua, uma cidade na Itália que tem a oitava universidade mais antiga do mundo. Eu vou estudar nela por um semestre e, apesar de ser na Itália, as minhas aulas são em inglês!

Como procurar um intercâmbio universitário?

A maior parte das universidades possue acordos com faculdades estrangeiras que te permitem estudar fora. Normalmente as informações destas universidades ficam no site, ou você pode ir até o escritório de intercâmbio pessoalmente. Minha prioridade eram aulas em inglês. Como estudo Psicologia na PucPR procurei universidades que já tinham acordos com a puc e com matérias parecidas com a grade do meu curso. O processo foi simples: Fiz a minha inscrição, paguei uma taxa, vi a lista de universidades que eles já tinham acordo, procurei uma que tivesse vaga para estudantes de psicologia e que fosse em inglês. 

Para quem não fala bem inglês existem várias vagas para Portugal mas, justamente por não precisar de língua estrangeira, tem muita procura para esse país. No caso de Portugal não é necessário fazer nenhuma prova de português. Como eu já tinha um bom nível de inglês resolvi me arriscar a ir para um país diferente.



Para fazer intercâmbio para o Estados Unidos, Austrália, Reino Unido ou Canadá é necessário ter antes da data de inscrição do intercâmbio a nota do toefl. Como eu não tinha feito esta prova, acabei escolhendo um país na Europa que tivesse as aulas todas em inglês mas que só exigisse a prova para comprovação de nível intermediário da língua inglesa feita na própria faculdade.

Após aprovação nessa prova enviei todos os documentos para a Universidade de Padova e aguardei em torno de dois meses para receber minha carta de aceite! Os documentos para o intercâmbio Universitário se alteram de acordo com a universidade escolhida, para mim, os principais foram: carta de recomendação, carta de motivação, currículo, plano de estudos e histórico escolar.

Com a carta em mãos, pude comprar a passagem, entrar com o pedido de visto para estudante, solicita alojamento da faculdade e começar a arrumar todas as minhas coisas.

Um fato muito interessante é que esse intercâmbio é mais em conta, visto que a faculdade no Brasil fica com a mensalidade congelada, ou seja, você não paga nem aqui e nem a estrangeira durante esses meses. Então você só precisará arcar com a passagem, acomodação e alimentação.

Lembrando que estas dicas e o processo é baseado em como funciona na Puc do Paraná e o processo e os custos podem mudar dependendo da sua universidade.

E assim começa a minha história com a Itália que vai durar 5 meses e virar muitos posts aqui no blog! Se você tiver alguma dúvida sobre Intercâmbio Universitário pode deixar aqui nos comentários que eu vou adorar responder!

Se você gostou deste post não deixe de ler:

Organizando um Intercâmbio Voluntário

10 motivos para fazer intercâmbio

Morando com uma Host Family

Programa de Intercâmbio e Trabalho na Disney



One thought on “Intercâmbio universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *