O lado não tão mágico de trabalhar na Disney- O sorriso falso para guest chato

lado negativo de trabalhar na Disney
Bru Bru em o sorriso falso para Guest Chato

Estar na Disney é sempre magico porém, como todo trabalho, até trabalhar na Disney tem seus lados negativos. Para mim, e para a maior parte das pessoas que participam do International College Program, o lado positivo é bem maior o que nos deixa com muita saudade quando voltamos. Mas acredito que quando estamos dando dicas para futuros cast members, contar o lado negativo de trabalhar na Disney é essencial também.

Acima de tudo, o ICP é um intercâmbio de trabalho, o minimo de horas trabalhadas por semana são 30 horas mas tem casos de cast members que trabalham até 90 horas por semana. Lembrando que uma semana tem 168 horas e você ainda precisa de tempo para suas necessidades básicas: dormir, tomar banho, se arrumar, se alimentar; e também para se locomover entre os lugares. Então, realmente é longe de intercâmbio de turismo, é trabalho. É claro que da para se divertir muito e ter os melhores três meses da sua vida, afinal, você vai literalmente morar na Disney mas é importante não se esquecer das responsabilidades e que você não esta lá de turista.

Além disso, você fica longe da sua família e de todas as regalias por cerca de 3 meses: roupa lavada, comida na mesa, casa arrumada – é tudo por sua conta agora. Sem contar que você ainda divide casa com pessoas, às vezes, do mundo todo e isso pode ser um lado bastante negativo. Eu, por exemplo, dividi casa por 1 mês e meio com 3 chinesas e uma japonesa e foi uma loucura, os hábitos são muito diferentes e você precisa aprender a lidar com isso. Você também mora longe da sua casa, dorme numa cama bem ruinzinha e está submisso a obedecer o que o housing determina pra você fazer na sua casa. O lado positivo disso é que é um crescimento pessoal, como em qualquer intercâmbio, é absurdo.

Na rotina de trabalho também tem o lado negativo de trabalhar na Disney, não é só Magical moment, tem  guest chato que parece que foi pro parque exclusivamente reclamar. Tem vezes que você pode tentar ajudar e resolver o problema do guest e ele vai te agradecer por isso, mas as vezes você não tem como resolver e ele não entende isso. Também tem aqueles dias que você tem que continuar sorrindo por fora (apesar de por dentro estar o oposto de sorrindo) e desejar um dia mágico pro guest. Afinal, é um trabalho que lida com pessoas e você representa uma companhia que vende felicidade, então nada mais justo que se enquadrar nesses quesitos, certo?

Guests a parte, você pode também ter coworkers chatos ou preguiçosos e reclamões que fazem seu shift ser um exercício de paciência. Mas quando você termina um shift difícil vem aquelas sensação de dever cumprido!

Mas em geral, eu acredito que os pontos negativos são poucos, apesar de existentes. Acredito que eles sejam importantes, porque, afinal, nem tudo é um mar de rosas, porém o ICP foi criado não só pra fazer as pessoas irem a disney trabalhar, mas também pra que elas possam crescer profissionalmente a partir dessa experiência. Como qualquer intercâmbio o ICP é uma montanha russa de emoções, cheio de altos e baixos mas te garanto que crescemos muito, acho que nos 3 meses do ICP cresci mais que nos últimos 2 anos!



 

Bruna Martines

Estudante de Engenharia Ambiental na USP

Disney College Program Alumni 17/18- Merchandise

Instagram @allweneedtonightislove #BrubruICP

 

 

 

 

Se você gostou de ler sobre o lado negativo de trabalhar na Disney e quer conhecer o lado positivo (que é muito maior) não deixe de ler:

Diário de uma blueberry

Diário de uma Merchan

Tudo que você precisa saber sobre o Disney College Program




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *