Nem tudo que te pica na Australia mata- ainda bem

Arraia .jpgQuem acompanha a página do blog no Facebook sabe que eu estava na Austrália e que um dia antes do ano novo tive um pequeno acidente com uma arraia. Um pé machucado, uma nova hashtag no facebook #ARaiaNãoVaiVencer e um tour por muitos hospitais da Austrália.

Também vieram muitas perguntas: Como aconteceu? Você estava mergulhando com arraia? Não foi isso que matou o Steve Irrews? Não é venenosa? Você não vai morrer né?

Eu sou apaixonada por conchas e na Marriott beach em Jervis Bay onde eu estava havia conchas maravilhosas. Eu estava caminhando no raso procurando por conchas quando aconteceu. A dor foi tão forte que eu nem olhei para ver o que era, até perdi meu chinelo. Isso foi um grande erro, quando algum bicho te pica você tem que olhar para ver o que é. Na minha cabeça passou até caranguejo gigante, mas nem em sonho uma arraia. A sorte foi que o pessoal que estava em volta viu o que era.

No meio da confusão me falaram que o que me picou foi uma stingray. Esse foi o meu primeiro aprendizado, descobri como se fala arraia em inglês. Como antes do acidente eu não tinha ideia do significado desta palavra, continuei perguntando: o que é uma stingray? A resposta não podia ser pior: ninguém lembrou do tio raia do Nemo. O que me falaram foi: Ah Stingray é o animal que matou Steve Irrews, o caçador de crocodilos. Depois desta frase meu desespero só aumentou eu achei que ia morrer, não parava de falar: Eu estou na Austrália, todos os animais aqui são estranhos e venenosos, eles querem me matar.

A ambulância demorou para chegar, por via das dúvidas enfaixaram minha perna para a pequena chance de ser uma especie venenosa. Foram 20 minutos com uma dor agoniante, não diminuía, era como ondas de dor que chegavam cada vez mais fortes. A explicação para a demorar foi que passaram alguém na minha frente porque eu não corria risco de vida o que me deixou um pouco mais tranquila. Veio um grupo de policiais ver o que estava acontecendo. A policial segurou minha mãe, perguntou meu nome, de onde eu era, tentando me fazer esquecer da dor que não passava.

Meu segundo aprendizado foi: sempre ter e principalmente saber usar o seguro saúde. Eu tinha o seguro mas não tinha ideia de como usar, ou para onde ligar (já que o papel não estava comigo na praia). 3 da manhã no Brasil e eu acordando a agente de turismo para pedir ajuda.

A ambulância chegou e para minha surpresa o procedimento era bem mais fácil do que eu imaginava. Água quente tira o veneno da arraia e fez a dor parar super rápido. Eu já estava pronta para a próxima, fui super bem atendida o único problema era o repouso que eu deveria fazer e obviamente não ia acontecer na noite de ano novo.

Foi ai que começou a brincadeira no Facebook #ARaiaNãoVaiVencer. Eu fiz um post na página do blog contando o que aconteceu e falando que eu já estava bem. Logo vieram me questionar se estava certo falar Raia e não Arraia. Mais um aprendizado com essa história: além de não saber o nome do bicho em inglês em português é ainda mais confuso. A língua portuguesa aceita os dois, ou seja pode ser raia ou arraia.Captura de tela 2017-02-28 17.57.16.png

Foi um susto grande mas eu não deixei a raia vencer. Fui viajar e fiz tudo até que infeccionou, e eu acabei conhecendo muito mais hospitais na Austrália do que eu gostaria. 60 dias depois e esta semana o machucado fez casquinha. Eu tive sorte, passou perto do tendão mas não afetou nada. 5 tipos de antibióticos, dois exames de sangue, dois raio x, milhares de médicos dando sempre opiniões diferentes e muito tempo de sapatos feios, acho que semana que vem já posso voltar a usar sapatos fechados. #ARaiaNãoVenceu

ps: Queria aproveitar este post para agradecer todas as mensagens de carinho e todos os amigos que ficaram super preocupados com o meu pé!

42 thoughts on “Nem tudo que te pica na Australia mata- ainda bem

  1. Nossa Senhora!! :0
    Que perigo né!? Mas graças a Deus você está bem e é isso que importa. Eu tenho um medo danado de raia, eu já fui queimada por água viva, e é uma dor horrível, dizem que da raia é pior.

  2. Fiquei empolgada pra ler o post só pelo titulo e fiquei assustada lendo tudo!
    Confesso que eu iria reagir igual você, não saberia nem o que fazer.
    Ainda bem que deu tudo certo!

  3. cara que susto em! pelo menos agora você pode lembrar e rir um pouco dessa situação louca. afinal, o melhor de viajar é guardar as lembranças de todas as loucuras que aconteceram. Eu acho que reagiria da mesma forma que você; só ia sentir a dor. Muito provável que nem meu nome eu lembrasse, porque eu sou a pessoa mais fraca pra dor. Fazendo a sobrancelha eu já choro horrores, parece que estão me batendo kkkkkk fico feliz que você está bem e que a raia não venceu!

    1. Arraia é uma das piores dores não passa!!! Mas água quente resolve que é uma beleza! Sim agora é mais uma história para contar! Beijos

    1. Ninguém quer conhecer hospitais mas as vezes faz parte.. sim agora já está quase virando só mais uma história para contar! Beijos

  4. Só o nome do post chamou atenção, lendo fiquei assustada! Mas que bom que você não deixou a raia/arraia vencer kkkk
    Sorte de não ter sido nada mais sério né? Melhoras pra ti, adorei o post! Bjuus

  5. Que situação tensa! Posso ter um pré-conceito, mas sempre que eu penso na Austrália eu penso em animais enormes, algas cintilantes… deve ser por causa da aula de biologia, onde o professor sempre mostrava aquelas fotos aterrorizantes e falava “tinha que ser da Austrália” haha.

    Mas, enfim, fico feliz que tudo tenha acabado bem e que você não tenha se ferido mais gravemente 🙂

    1. Eu morei já na Austrália e nunca tinha acontecido nada… na verdade só tinha visto animais fofinhos como coalas e cangurus masss desta vez tive azar hahaha beijos

  6. Caraca! Eu não sabia que a raia podia matar! Sério… Não tinha a minima ideia.
    Que perigo, senhor! Mas ainda bem que vc tinha o seguro saúde e que deu tudo certo. Achei muito válido você alertar da importancia de se fazer o seguro.
    Graças a Deus deu tudo certo!

    1. A raia não mata por veneno, o caso do caçador de crocodilos foi porque ela atingiu o coração. Ainda assim eu levei um susto! Ainda vou fazer outro post sobre seguro, porque não da para viajar sem!! Beijos

    1. Ficou mais uma história para contar né! Como diz minha mãe antes um furo de ataque de arraia na Austrália do que uma pisada em um prego no Brasil hahaha a dor e a saga são parecidas mas pelo menos assim a história ficou legal!! Beijos

  7. É super complicado passar por situações assim em lugares diferentes né? No meu intercâmbio eu passei por alguns sufocos também… porém a gente aprende e engrandece demais com essas coisas 🙂
    Que bom que já está bem recuperada. Boas melhoras, viu.. beijo
    http://www.setevidasfelinas.com.br

    1. Pois é acho que em questão de hospital este foi o pior caso da minha vida… Mas enfim aprendi bastante também! Beijos

  8. Menina, fiquei besta lendo sua história! Já tinha ouvido falar que não podemos chegar perto de raias mas nunca imaginei que a dor fosse tão severa assim, eu vi algumas em SC em uma das vezes que fui e confesso que fiquei morrendo de medo de entrar na água rsrs Mas que bom que vc está bem e deu tudo certo 🙂

    1. Elas não atacam sem motivo, no caso eu pisei em cima dela sem querer 🙁 De qualquer forma é bom tomar cuidado pois a dor é insuportável! Beijos

    1. Meu pézinho aos poucos está melhorando! E vai ter muito post por aqui! Toda terça, quinta e as vezes domingo tem coisa nova!

  9. Ainda bem que você está bem e não foi tão grave assim. Morro de medo de acontecer algo e eu não saber usar o seguro saúde e quando acordar no hospital ter uma dívida super alta hahah. Ainda bem que a raia não venceu hahaha

    1. não da para viajar sem (ou sem saber usar) esta brincadeira já saiu cara… imagina algo mais sério!! A Raia não venceu <3

  10. Já ouvi falar que e super comum a pessoa estar no raso e ser “atacado”! O negócio é não entrar na água na Oceania kkkkk
    Aqui no RS tem muita mãe d’água e quase não entro por isso, aí então… Nem que me paguem!!!! Kkkk
    Boa sorte com o final dá recuperação e vê se aprende a não andar no raso hahahah

    1. Olha eu morei um ano lá e nunca aconteceu nada, foi azar mesmo 🙁 A água lá é maravilhosa <3 hahahah cuidado com elas!!

  11. Nossa que momento tenso da sua vida , por um instante imaginei a cena . Graças a Deus que não foi nada mais sério cruzes se fosse , agora que eu não quero ver uma arraia kkkkkkkkkkkk longe de mim.

  12. ” Eu estou na Austrália, todos os animais aqui são estranhos e venenosos, eles querem me matar.”
    Sei que foi horrível pra você, mas eu ri lendo isso haha É que no seu lugar pensaria a mesma coisa, principalmente a parte do “querem me matar”.
    Acho que o melhor de viajar são as coisas que aprendemos com as situações ruins. Sempre tem algo a mais para levar na bagagem de volta além de roupas e souvenirs.
    Deve ter sido uma viagem incrível essa para a Austrália.
    Beijooos e que bom que seu pé está melhorando!
    Beijoos

  13. Nossas imagino que foram horas de tensão e medo sim, você se saiu muito bem e ainda bem que não queriam te matar, eu teria entrado em pânico, fico feliz que esteja melhor e tudo tenha dado certo, um beijo.

Deixe uma resposta