Um dia em Luxemburgo

Eu nunca pensei que na minha vida fosse fazer um “bate-e-volta” para passar um dia em Luxemburgo, capital cujo país leva o mesmo nome. Morando no nordeste da França, esse acontecimento foi possível por apenas 6 euros cada perna com a empresa de ônibus Flixbus, uma das mais baratas da Europa. Vale lembrar que Luxemburgo tem 3 línguas oficiais: o francês, o alemão e (uma mistura entre os dois) o luxemburguês ~que eu confesso não saber que existia~, porém há MUITOS português que moram por lá então é bem provável que você consiga ter alguma conversa em português se não souber nenhuma das línguas oficiais do país.

um dia em Luxemburgo

Pont Adolphe

Como pensávamos que tínhamos pouco tempo e estávamos em 6 pessoas, fizemos um roteiro bem quadradinho para dar tempo de conhecer tudo o que queríamos naquele um dia em Luxemburgo. Começamos pela Post Adolphe que é considerada uma das pontes mais lindas da Europa e é realmente estonteante. Continuamos andando pela cidade, uma das mais limpas que já vimos por sinal, até o Monument du Souvenir, um dos símbolos do país em homenagem aos luxemburgueses mortos nas guerras do século passado. Perto dali havia um elevador com vista panorâmica da cidade por 7 euros durante 7 minutos, achamos um pouco caro, por isso não incluímos essa atividade no passeio.



Depois seguimos para a Place d’Armes, onde depois voltamos para almoçar, pois é lá onde ocorre todo o agito da cidade, com shows e apresentações bem animadas. Passamos pela Église Saint-Alphonse, bem simples porém interessante. O Palais Grand Ducal, a residência do duque de Luxemburgo, também pode ser visitado e é bem bonito, porém a entrada é paga.

O mais esperado por nós foram Les Casemates, muralhas de proteção da cidade que exerceram diversas funções inclusive abrigo de refugiados durante a guerra. É um passeio que custa 6 euros (5 para estudantes) e eu recomendo com toda a certeza, já que além de toda a historia que o local abriga é também um ótimo local para admirar a “cidade baixa” de Luxemburgo, devido ao fato que a maior parte do passeio é na cidade alta.

Casemates!

Seguindo pelo Chemin de la Corniche, pudemos ter a vista mais linda da cidade e admirar ainda mais o charme de Luxemburgo.

Chemin de la Corniche

Finalizamos o passeio na Catedral de Notre-Dame de Luxemburgo, que eu infelizmente esqueci de tirar foto, mas havia tapeçarias por toda a catedral e foi simplesmente de tirar o fôlego.

Conseguimos visitar toda a cidade em cerca de 5 horas sem a menor pressa e ainda tivemos tempo para almoçar, nossa programação tinha sido de 7 horas, mas os locais são mais perto do que imaginamos pelo Google. Eu recomendo passar um dia em Luxemburgo porque vale a pena conhecer a história de um dos menores países da Europa bem como admirar a limpeza e a educação do país.

Gosto do post? Veja também!

Conhecendo Marseille – França

Um dia em Metz – França

Uma viagem para Estrasburgo – França

O que fazer em São Petersburgo – Russia

Bruna Martines

Estudante de Engenharia Ambiental na USP em graduação sanduíche na École des Mines de Nancy

Instagram @allweneedtonightislove #brubruDD

 

 

Gostou do blog? Não perca nenhuma novidade: Siga @qualquerlatitude e curta nossa página no Facebook!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *