Um dia em Metz – França

Metz é uma cidade muito lindinha no Nordeste da França na região da Lorena (Lorraine). Um dia em Metz é o ideal para ver tudo o que a cidade tem a oferecer. De TGV (Train de Grand Vitesse – Trem de alta velocidade) é possível chegar de qualquer região da França, principalmente Paris, demorando cerca de uma hora e meia.

O passeio neste um dia em Metz começa desde a própria Gare de Metz (estação de trem). A antiga Gare, considerada muito pequena para o papel militar que Metz exercia perante o império alemão da época, foi substituída por esta a partir de 1908. O estilo chamado “Luz e Ar” do arquiteto berlinense Jürgen Kröger faz a estação parecer uma igreja (ou o castelo de Hogwarts rs) por fora e por dentro pode-se observar detalhes riquíssimos.

Gare de Metz

Assim que se sai da Gare pode-se ver umas faixas no chão coloridas em amarelo, roxo e verde. Essas faixas fazem parte de um projeto turístico que divide a cidade em vários percursos que variam dependendo do interesse do viajante. Sendo o amarelo referente a Robert Schad, roxo fala sobre arte de rua, verde mostra os jardins e em vermelho fica a parte histórica e mais linda da cidade. Eu comecei pela amarela e fui conhecer o Centre Pompidou (porque queria visitar uma loja que adoro – Primark) e os Jardins de Jean-Marie.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Faixas na saída da Gare

Detalhes em algumas áreas indicando a direção de pontos de interesse como, nesse caso, a gare

um dia em Metz

O caminho que cada cor representa com relação ao mapa da cidade

Voltei em direção a Gare, e comecei a fazer o percurso verde. Passei pela Place de la République e Esplanada, e ainda passei pelo Palais du Governeur.

Depois disso, tomei meu caminho em direção ao circuito vermelho para ver o centro histórico e estava tão animada para conhecer. A Cathédrale Saint-Étienne, construída entre 1220 e 1520 (sim, 300 anos!!), é uma grande obra do estilo gótico. 40 metros de altura e 6500 metros quadrados de vidro nas janelas fizeram da catedral a “Lanterna de Deus” no século XIX.

Alguns detalhes da Catedral de Saint-Étienne

O percurso roxo conta com obras no estilo grafiti como essa abaixo encontrada na Place de la République. Ainda perto daí existe um centro comercial aberto com várias lojinhas e restaurantes (de todos os preços e gostos). A noite, como em várias cidades francesas no verão, há um show especial chamado Constellations, mas não pude assistir devido ao horário de volta do meu trem.

Arte de rua no percurso roxo

Vale a pena conhecer Metz? Vale se você estiver com tempo sobrando e quiser conhecer uma cidade diferente e pertinho de Paris sem gastar muito.

Gostou deste post sobre um dia em Metz? Leia também:

Segredos de Berlim

Barcelona sem gastar muito

O que fazer em São Petersburgo – Russia

Bruna Martines

Estudante de Engenharia Ambiental na USP em graduação sanduíche na École des Mines de Nancy

Instagram @allweneedtonightislove

 

Gostou do blog? Não perca nenhuma novidade: Siga @qualquerlatitude e curta nossa página no Facebook!


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

One thought on “Um dia em Metz – França

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *