Um dia qualquer na vida de uma Intercâmbista

10668569_830080220369397_2062190279_n

Hoje de manhã estava frio, eu não tinha a minima vontade de levantar da cama. Demorei 20 minutos a mais que o normal, eu não queria ir para o colégio, não queria usar meu uniforme, principalmente por ser uma saia e estar frio. Meu celular tocou, um amigo falando que estava com saudades, contando todas as novidades da vida no Brasil. Eu não tinha nada para contar, tudo que eu queria era contar os dias para ir em bora. Não estava afim de falar inglês, pensar em inglês, ou ir para uma escola onde mesmo com todo o meu esforço eu não sou tão boa quantos os outros alunos.
Eu esperei minha vida inteira, eu tanto sonhei em vir para a Austrália, eu consegui o que eu mais queria, mas e agora? Não é que não seja como eu esperava, eu nem esperava nada em especial. Eu só queria chegar aqui e ser feliz. Já foi quase a metade, e sinceramente não sei se aproveitei. As coisas aqui são muito diferentes, não sei se posso dizer que tenho uma melhor amiga. Eu tenho muitas amigas e elas são muito legais, mas não são como as brasileiras. As vezes eu acho que quando eu for embora elas vão me esquecer, não sinto que vai ser ara sempre. Não sei explicar. Eu amo a minha Host Family, mas ainda assim sinto muita falta da minha família, eu gosto da mina casa, do meu quarto aqui, mas não é a mesma coisa que no Brasil. Ser intercâmbista meio que perdeu a graça, perdeu a magia. Eu lembro de ver outros intercâmbistas reclamando do intercâmbio, querendo voltar antes, lembro do quanto isso me irritava, eu daria tudo para estar no lugar deles, para estar em um intercâmbio Como assim agora eu estou chorando?
Hoje eu gastei metade da bateria do meu celular na primeira aula, conversando com uma amiga do Brasil. Na verdade hoje eu nem passei maquiagem para ir para o colégio, eu não podia desperdiçar o meu tempo de amigos do Brasil acordados com isso. Sai atrasada, cheguei no colégio e fiquei no meu canto. No meu mundo, no meu “país” com o meu melhor amigo que no momento é um celular, ele me entende como ninguém, aqui, ele é a parte dos meus amigos que está aqui comigo.
Na volta para o colégio, vim com a mente cheia de pensamentos durante os meus 10 minutos de caminhada entre o colégio e a minha casa, olhando para baixo, em um fim de outono, com muitas folhas no chão. Confesso que amo o barulho que as folhas fazem quando estou caminhando, meu sapato preto de couro, sim isso faz parte do meu uniforme. Entretida com as folhas, tudo que eu conseguia pensar é que queria voltar. Finalmente cheguei em “casa”. Droga, na correria de hoje de manhã esqueci minha chave, não tinha ninguém, pensei em sentar e esperar meu “irmão” chegar, mas não sabia o quanto ia demorar, refiz minha caminhada, mas dessa vez até um mercadinho que tem perto do colégio, eu tinha dois dollares, e sim eles estavam prestes a se transformar em chocolate, afinal nada melhor que isso em momentos deprimentes. Comprei meu chocolate Australiano favorito, bom pelo menos alguma vantagem tem que ter, os meus chocolates favoritos estão aqui. Mesmo que isso me faça engordar. Na volta comecei a pensar em quantos dias faltavam para eu chegar no Brasil. Bom faltam 6 meses, e isso da muitos dias. Me lembro de quando eu contava os meses para chegar aqui, agora que estou aqui conto para voltar para la, isso não faz muito sentido. Eu já estava quase em casa de novo, um sentimento de dejavu andando por aquelas folhas, eu queria tanto estar aqui, e agora estou, isso basta, ou deveria bastar.
Bom acho que no momento eu não faço sentido, tudo que eu quero é voltar, ao mesmo tempo que amo aqui e queria ficar aqui para sempre, hoje não foi um dia legal ou animador, mas amanha talvez seja. Eu não vim esperando muita coisa do intercâmbio, tudo que eu mais quero é no dia de ir em bora chorar, chorar muito, não querer sair daqui. Quero ter certeza que cada segundo, bom ou ruim valeu a pena!

0 thoughts on “Um dia qualquer na vida de uma Intercâmbista

  1. Bom eu nunca passei por isso de ir morar em outro país, nunca fiquei mais que uma semana longe da minha mãe e da minha irmã, mas posso te dizer que quando fico longe delas também sinto muita falta, sempre conto os dias para ficar longe delas mas quando estou longe quero estar perto e sinto vontade de falar pra elas que as amo, mas quando volto a gente volta a brigar e a se desentender e ai volta a vontade de ficar longe de novo, e muito difícil ficar longe da família e dos amigos, sempre quis ter a experiencia de ir pra outro país mas sei que se eu for vou me senti sozinha e deslocada, pois já me sinto assim no Brasil imagina em outro país, mas curta sua viaje e pode ter certeza que amei o post e amo quando as pessoas falam da sua vida e quanto contam suas historias reais, gosto de ler sobre a vida das pessoas, beijos e boa sorte… Espero mais posts como esse.

  2. Mas nossa!!! Eu pensei que você estivesse muito feliz aí, aproveitando tudo e transforando seus sonhos em realidade. Nunca imaginei que você estivesse com tanta vontade de voltar. Enfim, lendo seu texto, penso na minha vontade de fazer intercâmbio (ou mestrado k) e penso também se ficarei como você: contando os dias para voltar. Espero que essa má fase acabe logo e que você possa voltar a se sentir radiante por estar no país que tanto desejou. É primeira vez que eu comento aqui, mas já conheço o NTDC já algum tempo e, inclusive, sou apaixonada… assim como sou apaixonada em saber das culturas e dos lugares mais fantásticos do resto do mundo. Bjs, Yasie!

    jessica do donaurbana.blogspot.com

  3. Então intercâmbio são fases, é incrível como a mistura de sentimentos muda de um dia para o outro, achei importante fazer um post como esse porque querendo ou não esse sentimento faz parte hahaha
    Mes enfim agora é mandar o momento depressão em bora e seguir o intercâmbio!
    Volte mais vezes!

  4. Sim, eu estou aproveitando, e é um sonho, mas sonhos também tem seus dias escuros hahah Com certeza durante o seu intercâmbio vai ter dias que tudo que você mais vai querer é voltar, isso faz parte, mas também vão ter momentos unicos que vão te fazer querer ficar no Intercâmbio para sempre! Sim é só uma fase ruim e vai passar logo logo!! Fico feliz que acompanhe o blog! Ainda hoje vai ter um post mais feliz hahaha
    bjss

Deixe uma resposta