Uma História de amor e distância

2015-06-11 15.13.06

Baile de colégio, vestido longo, pulseira de flor, uma noite estrelada, After Party, fogueira, mashmellow, amigos, música, Austrália, nascer do sol no mar e alguém especial. Só tinha um problema, em pouco tempo eu estaria a quilômetros de distância de todos que estavam ali. Eu não queria pensar nisso, e não pensei. Eu sabia que iria me machucar, sabia que iria chorar, que não iria ser fácil, mas sempre gostei de desafios e nunca me preocupei muito com o futuro. O problema é que os dias passaram, tudo foi como um filme e acabou. Aeroporto, despedida, incerteza, choro, lágrimas, computador, internet, skype, whats app.

Praia, verão, carnaval, festa, reencontro, dias ensolarados, passeios, Brasil. Pôr-do-sol no mar e alguém especial. De Oeste para Leste, seguindo o rumo da terra. Aeroporto, felicidade, sorriso, um reencontro a 13.350 km. Mais um mês juntos, mais uma data de despedia, sem pensar no futuro, vivendo cada dia. Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Floripa. Discussão, medo do futuro, aeroporto, despedida, incerteza, choro, lágrimas, computador, internet, skype, whats app, 14 horas de fuso horário.

12 de junho, dia dos namorados, fotos, carta, selo, correio, saudade. E nesse mundo tão grande o que temos em comum é toda noite olhar para o céu e saber que lá em cima, lá longe vai estar o Cruzeiro do Sul para lembrar que a distância é pequena perto da imensidão do infinito. Aprendi a acreditar em relacionamentos a distância, a acreditar em destino, a esperar um dia sem data. Talvez seja loucura, ilusão e esperança no impossível, mas como já dizia a Legião Urbana, quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?

Um Feliz dia dos namorados para todos os que estão namorando, solteiros ou, assim como eu, em um relacionamento quase impossível <3

0 thoughts on “Uma História de amor e distância

Deixe uma resposta